Os dos e dont’s de um escape game - Mission to Escape | The biggest and most original‎
Os sins e nãos ABSOLUTOS a fazer num escape game. Como ganhar pontos junto dos anfitriões de jogo ou como quebrar todas as regras e a paciência dos game-masters.
No submundo dos jogos de fuga há equipas assinaladas no top ten e outras que vão, diretamente, para a lista negra. Queres descobrir o porquê? Aqui ficam algumas pistas:


Sins:
- Dar graxa ao game-master. Todos adoram aquele mimo extra, diz-lhe que são lindos ou superinteligentes, 10 pontos na caderneta;
- Fala sobre aquela pista específica do jogo que não conseguiste resolver, mas que foi espetacular, tu é que não foste «esperto» o suficiente.
- Faz uma review em rede social, dá 5 estrelas, ou um elogio descarado, aqui ganhas o primeiro lugar no coração do mestre de jogo.
- Usa a célebre frase: «Sem a sua ajuda jamais teríamos conseguido» e voilá, vais ver corações a saltar-lhe dos olhos.


Nãos:
- Durante o jogo não atires as pistas pelo ar, nem jogues à bola com a decoração da sala.
- Desligar o walkie-talkie vai pôr os nervos em franja a qualquer um, porque com a tua nabice, se não te ajudarem vais ficar preso nos próximos 100 anos. Ninguém te vai querer aturar durante tanto tempo.
- Não abrir os olhinhos durante os 60 minutos, andar pela sala ao deus-dará.v
- Dizer que não escapaste porque o game-master é terrível, porque tu com a tua hiper-mega-espertice até escapavas do estabelecimento prisional da Conchichina.
WhatsApp chat